Reescrever no passado

Dia 24 de Janeiro, celebramos o dia da escrita à mão no scriptorium da ESIC.

Foi-nos informado, pela equipa do arquivo municipal do porto, como as pessoas se expressavam através de manuscritos.

Visualizamos, também, os diferentes sinais juntamente com o seu respetivo significado e, por fim, reconhecemos a evolução da escrita até a atualidade.

Logo após toda essa aprendizagem, passamos para a parte prática, em que proporcionaram aos alunos a oportunidade de viver uma nova experiência. Foi captada a atenção dos mesmos, através da ideia de escrever uma carta ou, até mesmo, fazer um pequeno livro com a utilização de uma caneta bico de pena e com o acesso de diferentes alfabetos, tais como: o alfabeto grego, latino, cuneiforme e hieroglífico. Desta forma, aquilo que poderia ser uma simples mensagem, tornou-se em algo diferente do nosso habitual e uma lembrança desse dia.

Para os interessados e curiosos, o link do site do arquivo municipal do porto encontra-se abaixo. Desta forma, qualquer pessoa pode pesquisar e visualizar tanto os arquivos públicos como privados desde o séc. XV.

Artigo escrito por:
Anna Oliveira
11º F