A Confraria das Agulhas lançou o repto à comunidade que aceitou, de imediato, o desafio da criação de uma Árvore de Natal comunitária.

A azáfama emergiu e contagiou a Família da ESIC que rapidamente pôs mãos-à-obra e foi produzindo cerca de 700 quadrados em crochet. Alunos, Encarregados de Educação, Famílias, Pessoal Docente e Não Docente, elementos da Junta de Freguesia de Canidelo, das Forças de Segurança e da Associação de Idosos de Canidelo – TODOS – num espaço temporal de 40 dias contribuíram para que a ESIC se tornasse numa referência inserida num Freguesia que continua a fazer a DIFERENÇA.

A árvore de Natal comunitária foi o produto final que retrata o envolvimento, o gosto, o empenho e a união a uma causa inicialmente pequena, mas que se tornou INCOMENSURÁVEL pela grandeza de esforços que mobilizou.