ESIC

Selo EQAVET

A Voz dos Alunos constrói-se na ESIC

 

A ESIC enquanto escola pública integra uma diversidade significativa de alunos que se complementam pelas diferenças e semelhanças.

Ouvi-los, auscultá-los ou partilhar uma tomada de decisão é atribuir significado a uma intervenção que estimula o desenvolvimento de competências que tornam os jovens cidadãos mais atentos, críticos e participativos.

Esta Newsletter retrata e ilustra a importância e o lugar que os alunos têm na escola como protagonistas de um envolvimento, que se constrói de forma articulada, no seio da comunidade ESIC.

Percorrer o parecer de cada jovem aluno torna-se um caminho aliciante e estimulante pelo feedback de vivências diversificadas, mas transversais pelo cunho pessoal de cada depoimento.

É uma viagem que retrata uma educação não formal como refere a Cátia Silva a propósito da oferta formativa da ESIC impulsionadora de uma bagagem que a aluna continua a desenvolver em projetos concebidos pelos colegas. A este propósito, a Beatriz Costa confirma a escolha certa acerca do seu percurso formativo, enquanto que a Iara Silva manifesta o descontentamento inicial, mas que o tempo se encarregou de transformar numa perspetiva positiva acerca do curso frequentado.

Tal como a Voz dos alunos estrangeiros que se encantam com o tamanho e a luz natural da biblioteca como refere o Miguel Braz, ou a admiração pelo sistema português como afirma a Andrea Beresneide que se sente encorajada a expressar a sua opinião sublinhando o papel dos professores no seu desenvolvimento pessoal. Ainda o gosto pela comida da cantina expresso pela Andrea Ramirez que admira a ponte D. Luís. Passando pelo lema do Cair e bem é na ESIC onde os alunos do 7º ano têm expectativas de diversão a par da resolução de problemas entre pares supervisionada pelos mentores do Cai na Real. São alunos que deixam marca no espaço educativo, em especial o dos Gatos. Tal como a Constança Borges que aproveita o tempo que passa com os dois patudos da ESIC para compensar a falta de tempo e espaço para os ter em casa, uma vez que os considera prioritários na sua vida reconhecendo a calma e relaxamento que o Banquinho e o Riscas transmitem aos alunos. Tal como o Cãofia que estimula a concentração nas tarefas a realizar, segundo a voz do grupo de alunos que usufrui deste projeto inovador.

A propósito de outros espaços educativos – a Horta da Inês/Eco-Escolas – a Carla Fernandes enaltece a inclusão e o estímulo do conhecimento prático relativo às sementeiras. Esta aluna indica ainda a importância dos cartazes que dão dicas para o cultivo sazonal. Também o Desporto Escolar nas suas diversas modalidades é enaltecido pelo Hugo Deus que considera que é na onda do Surf que sente que pode voar sem asas. Tal como a Matilde Andrade que se liberta nos trilhos do BTT, ou o Luiz Fillipi que com a prática física supera obstáculos mantendo a integridade mental. Enquanto que a Maria João Duarte sublinha a cooperação e espírito de equipa na prática do Badminton enquanto que a Ana Valdoleiros mantem o corpo e a mente saudáveis.

O bem-estar continua a ser reforçado pelos alunos através da integração no Contra-regra -Clube de Teatro em que a Inês Campos considera uma experiência memorável, enquanto a Maria Seco considera uma oportunidade de aprender a projetar a voz e melhorar a dicção. Também a comunicação melhorou com o teatro na perspetiva da Sara Alvarenga. Em paralelo, o Grupo Coral da ESIC complementa a formação académica com o domínio musical que suaviza o stress escolar e promove a descontração como sublinha a Renata Cerqueira.

A agenda da semana UBUNTU com atividades dinâmicas, filmes, testemunhos e reflexões para a turma 10º G que sublinhou unanimemente os ganhos adquiridos na interação com o grupo foi igualmente reforçado na voz dos alunos.

Estes são alguns dos testemunhos dos alunos da ESIC que através da sua voz retratam o ambiente educativo que se vive na escola, fruto do envolvimento de todos e que por isso tornam a ESIC única pelos caminhos do desenvolvimento pessoal, social e académico.

Parafraseando Nelson Mandela, “Tudo parece impossível até que seja feito” tal como a voz dos alunos que efetivamente se constrói na ESIC.

 

A Diretora,
Manuela Carvalho
ESIC, novembro de 2023